nabocadanoite.com.br
Seja bem vindo
Mossoró tem 5 bairros sem água por causa de problema elétrico em poço

Os bairros Bela Vista, condomínios Alpha Ville e Sun Ville, e os loteamentos Campos do Conde e Bela Vista, em Mossoró, estão sem abastecimento de água nesta terça-feira, 28/12, por causa de uma parada do poço P-28, motivado por oscilações elétricas.

A concessionária de energia elétrica já foi acionada, para religar o sistema que foi desligado para ajustes técnicos no equipamento avariado pelas oscilações. A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) aguarda o restabelecimento do fornecimento elétrico, para que o poço seja reativado.

Após a retomada do abastecimento, com o poço novamente funcionando, a previsão é que todas as áreas estejam com o fornecimento normalizado em até 48 horas.

 

Nosso e-mail: redacaobocadanoite@gmail.com

 

Usuários denunciam falta de materiais e medicamentos na UPA do Santo Antônio

Usuários que precisaram de atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Santo Antônio no domingo, 24/10, reclamam que faltou materiais e insumos naquela unidade hospitalar.

De acordo com um dos denunciantes, que pediu para ter a identidade preservada, relatou ao Blog Na Boca da Noite que ao acompanhar um parente na UPA identificou que não havia lençóis para cobrir os pacientes nos leitos da enfermaria. “Vi que não tinham nem copo descartáveis. Precisei comprar”, denuncia.

Um outro usuário afirmou que ao se dirigir à farmácia da UPA em busca de um medicamento, foi informado que não tinha aquele que o médico havia prescrito. “Soube que também estariam faltando outros tipos de remédios”, acrescentou.

Procurada pela reportagem do blog, a secretária de Saúde Morgana Dantas rebateu parte da denúncia. Ela afirmou, por meio da assessoria de comunicação da pasta que a denúncia referente à falta de copos descartáveis não procede. Também contestou a notícia de ausência de medicamentos.

“Quanto a falta de medicamentos, é outra situação que não condiz com a realidade. Segundo Morgana, na sexta-feira (22) foi entregue uma remessa de medicamentos para as UPAS e hoje (25) uma nova remessa está sendo entregue para abastecer o setor de farmácia das unidades locais”, informou a assessoria.

A secretaria confirmou a falta de lençóis e culpou gestões anteriores pelo problema. “Quanto a não ter lençóis na unidade, ela admite que este é um fato real e um descaso que vem se alastrando há muito tempo ocasionado nas gestões anteriores”, revelou a assessoria, acrescentando que a atual gestão fez uma licitação para contratar uma empresa responsável por fornecer este material para as UPAS de Mossoró e o processo está em fase de contratação da empresa ganhadora.

“Todo trabalho que estamos realizando tem como objetivo garantir que a população de Mossoró tenha acesso a serviços de saúde de qualidade, uma prova disso é que o município acaba de ganhar quatro prêmios de excelência em gestão e a área da saúde ganhou um desses prêmios”, destacou Morgana.

 

Nosso e-mail: redacaobocadanoite@gmail.com

 

 

Pacientes denunciam falta de insulinas em UBS

Usuários do sistema de saúde em Mossoró reclamam da falta de insulina na Unidade Básica de Saúde (UBS) Bernadete Bezerra Souza Ramos, localizada no Liberdade II (área do Nova Vida).

Maria Sousa revela que há mais de uma semana se desloca à UBS em busca do medicamento para sua sogra, qmas tem sido informada que está em falta. Ela denuncia ainda que esteve hoje também numa outra UBS, onde descobriu haver o fármaco.

“O rapaz da farmácia dessa UBS no entanto disse que não podia entregar porque era apenas para os pacientes daquela área”, aponta a usuária, revoltada porque trata-se de um medicamento do qual os pacientes não podem deixar de usar.

Outros dois pacientes, que não quiseram ter sua identidade revelada, também relataram o problema. As insulinas são utilizadas por pessoas com diabetes. Eles correm risco de agravar o quadro clínico e até mesmo morrer se ficarem muito tempo sem tomar o medicamento.

O Blog Na Boca da Noite conversou com a secretária municipal de Saúde, Morgana Dantas, sobre a situação. Ela explicou que as insulinas que estão em falta são aquelas cuja responsabilidade de distribuição seria da Segunda Diretoria Regional de Saúde Pública (II Ursap).

“São dois tipos de insulina. Um tipo, chamado análogas, os pacientes só recebem na Secretaria de Saúde. Já a NPH e regular, recebem na UBS. Essas últimas são responsabilidade do Estado. A II URSAP informa sobre a chegada ao município, nós pegamos e encaminhamos para as UBS, mas é o estado quem entrega”, garantiu.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da assessoria, reforçou que as insulinas básicas são as únicas que são entregues pelas unidades básicas. São fornecidas pela II URSAP. Já as insulinas Treziba e Novorapid, que são mais caras, são fonecidas pela SMS.

Sobre a negativa da UBS de entregar o medicamento a pacientes da outra área, Morgana Dantas afirma que isso acontece porque as doses que eles tem são apenas para os pacientes da área deles. “Se entregar não vai ter também para os da área deles”, justificou.

O Blog Na Boca da Noite também questionou a II Ursap sobre o assunto. Até o fechamento dessa matéria (14h20), assessoria do órgão não respondeu ao questionamento feito.

 

Nosso e-mail: redacaobocadanoite@gmail.com