A cidade de Caicó registrou na tarde de ontem, 12/9, um incêndio que destruiu 60% da vegetação da bacia hidrográfica do açude Itans. As chamas devastaram grande parte da plantação de milho e capim existente na área e utilizada por criadores para alimentar animais.

O incêndio foi controlado no final da tarde de domingo e se constituiu em mais um a engrossar a triste estatística que vem sendo registrada no Rio Grande do Norte. Somente na primeira semana de setembro, o Corpo de Bombeiros registrou mais de 100 ocorrências dessa natureza.

Na primeira semana da Operação Abrace o Meio Ambiente (AMA), lançada dia 1/9, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) combateu 101 ocorrências de incêndios florestais em todo o estado.

De acordo com dados da Diretoria de Engenharia e Operações do CBMRN, foram contabilizados, em média, aproximadamente 15 ocorrências atendidas por dia. “Nesta época de baixa umidade relativa do ar e altas temperaturas, a propagação do fogo é favorecida. Em contato com o material combustível da vegetação, que é propenso a incêndios, as chamas podem se alastrar rapidamente. Por isso, precisamos estar atentos e pedimos também o apoio da população nessa conscientização”, explica tenente-coronel Jerbes Lucena, do CBMRN.

Ainda de acordo com os relatórios da Diretoria de Engenharia e Operações, a região de Mossoró lidera as estatísticas com 33 ocorrências, seguida pela Região Metropolitana de Natal com 31, região de Pau dos Ferros, no Alto Oeste, com 24, e por último Caicó, no Seridó, com 13 atendimentos registrados.

Operação AMA – O Governo do RN, através do Corpo de Bombeiros Militar do RN, montou uma força-tarefa com vários órgãos públicos que também atuam na defesa do meio ambiente. O objetivo do trabalho em conjunto é prevenir e combater incêndios florestais durante esse período. Assim, quem detectar um foco de incêndio pode entrar em contato direto com o Corpo de Bombeiros, pelo número 193.

 

Nosso e-mail: redacaobocadanoite@gmail.com

 

 
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De Volta ao Topo