Pouca gente atentou para o fato, mas o prefeito Allyson Bezerra (União Brasil) está dando clara demonstração de que não confia em si próprio. De que não concorda com o próprio favoritismo. De que não leva fé nos números das pesquisas que o colocam com situação confortável na disputa pela reeleição.

A forma como tem agido em relação à pré-candidatura do vereador Lawrence Amorim (PSDB), que decidiu colocar seu nome para a disputa, revela um Allyson em desespero.

Tentar tirar Lawrence da presidência do Legislativo, como está tramando o prefeito, constata tudo o que está dito na abertura dessa matéria.

Para quem acompanha os batidores da política de Mossoró, as manobras de Allyson revelam seu perfil perseguidor, mas mostram que Allyson sentiu o baque e teme perder a disputa. Para isso, avaliam, Allyson terá que cometer alguns erros capitais. Investir contra a Câmara é um deles. E Allyson já cometeu dois.

Informações de bastidores do Palácio da Resistência sobre como o prefeito tem se comportado desdem ontem mostram o quanto o prefeito está incomodado com a pré-candidatura de Lawrence.

 

 
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De Volta ao Topo