Na contramão de todas as correntes progressistas que entendem o direito inalienável à educação pública de qualidade a todas/os, o município do Oeste potiguar Francisco Dantas vive uma situação que tem gerado algumas preocupações junto ao público da rede municipal matriculado na Educação de Jovens e Adultos (EJA).

De acordo com as informações obtidas pelo Portal Na Boca da Noite, as aulas iniciaram e o município não tem conseguido universalizar a garantia do transporte escolar às pessoas fora de faixa e que procuram a rede municipal para acelerarem seus estudos nessa modalidade de ensino.

Os estudantes da EJA pertencem a um público que, historicamente, tem sido recordista em evasão escolar em todo o país e que precisa de ações efetivas para não somente haver a garantia da matrícula, mas a efetiva continuidade dos estudos.

A despeito de tantos discursos que douram a realidade da educação do município potiguar, extremamente precarizado, também, pelas relações criminosas de contratação informal de pessoas para execução de serviços públicos, essa é mais uma situação preocupante.

O Boca da Noite tentou ouvir a administração municipal. De acordo com o coordenador pedagógico da Secretaria Municipal de Educação de Francisco Dantas, Clayton Rodrigues, o município tem como política garantir todo o transporte escolar a todos os estudantes que necessitam.

Atualmente são os poucos estudantes que estão nesta situação. Estamos finalizando o levantamento dos custos operacionais, e já estamos sanando essa questão, como é de conhecimento disponibilizamos transporte para estado e município bem como todas as modalidades de ensino como o ensino técnico e superior em pau dos ferros, essa política fazemos em todo território. Considerando essa rota no noturno e as suas particularidades incluindo nela o pequeno número de alunos, as Secretarias de Educação e Transporte, juntamente com a gestão, estão resolvendo essa locomoção, logo agora no início do ano letivo”, garantiu.

Ainda segundo Clayton Rodrigues, na política de apoio aos estudantes da EJA, a gestão oferta uma bolsa de R$ 100 mensais para cada estudante.

 
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De Volta ao Topo