“Esquecida” pela gestão do prefeito de Mossoró, Alyson Bezerra (Solidariedades), a gestão democrática nas escolas vai voltar ao debate. Embora tenha defendido durante a campanha eleitoral que a eleição para escolha de dirigentes escolares seria uma prioridade, logo após tomar posse, Alyson pediu à Câmara o projeto de volta e o engavetou.

Para que o assunto volte à tona, o vereador Professor Francisco Carlos (PP) convocou a sociedade mossoroense para participar das discussões sobre o Projeto da Gestão Democrática das escolas municipais.

O parlamentar informou que vai abrir uma consulta pública a partir da próxima semana em suas redes sociais e em seu site oficial, para dar voz e oportunidade dos mossoroenses, especialmente os educadores, contribuírem diretamente na construção desse projeto. A ideia visa a que a gestão “desengavete” a proposta.

O Projeto de Gestão Democrática prevê, entre outros pontos, a escolha direta por meio de voto dos diretores escolares, com o objetivo de melhorar a qualidade da gestão escolar e, por conseguinte, do ensino no âmbito municipal.

Francisco Carlos explicou que não há mais a necessidade de discussão sobre legalidade ou importância da gestão democrática, pois existe ampla fundamentação na legislação nacional e no Plano Municipal de Educação. Por outro lado, a sociedade e o movimento educacional compreendem o quanto a iniciativa é necessária.

Como se não bastasse, consta no Programa de Governo da atual gestão o compromisso do prefeito com essa implementação. Agora, segundo o Professor Francisco Carlos, é preciso discutir a efetivação da Gestão Democrática e como ela pode funcionar na prática.

“A primeira versão desse projeto de Gestão Democrática foi apresentada à Câmara Municipal no ano passado, pela então prefeita Rosalba Ciarlini. Mas, a Câmara Municipal acabou não aprovando a tramitação em regime de urgência, alegando, na ocasião, que a Casa estava no final da legislatura e que o projeto deveria ser melhor discutido neste ano de 2021.

Contudo, logo no início do ano, o prefeito Allyson Bezerra recolheu o projeto, não apresentando outra proposta. Estamos no mês de agosto, sem que uma nova proposta tenha sido apresentada e sem que essa discussão tenha sido retomada. Não podemos retardar mais essa discussão”, afirmou.

 

Nosso e-mail: redacaobocadanoite@gmail.com

 

 
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De Volta ao Topo