Em Natal, a vereadora conheceu de perto o projeto do Polo Cloroquímico. Em fase inicial de apresentação, o governo do Rio Grande do Norte destacou o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, para liderar o grupo de estudos que discutirá o projeto, seus aspectos e possibilidades.
 
O solo potiguar, por possuir as condições naturais, além de ser privilegiado em insumos, é um forte candidato a eventualmente sediar as instalações do Polo Cloroquímico. A se somar, vale dizer que o Rio Grande do Norte possui a melhor legislação de incentivo fiscal às empresas que desejam se instalar no estado.
 
Além disso, Marleide Cunha destaca a importância no trato cordial estabelecido pela governadora Fátima Bezerra para com os integrantes do projeto: “o trato respeitoso da governadora para com a iniciativa privada, além de estimular outras iniciativas, faz do nosso estado um espaço ainda mais propício ao projeto”.
 
O consórcio para o Polo é formado pelas empresas Koyo Intership Trading, do Panamá, e TFB & Energy. Assinou-se um protocolo de intenções com as prefeituras de Guamaré, Mossoró, Porto do Mangue e Macau que estipula um prazo inicial dos investimentos físicos. 
 
“É essencial o empenho da governadora Fátima Bezerra, que faz política de nação em um estado”, concluiu a vereadora.
 
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De Volta ao Topo