A última vez em que o índice ficou abaixo de 40% tinha sido em 11 de agosto de 2020

A taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI´s) por pacientes covid inicia a semana, no Rio Grande do Norte, abaixo de 33% (32,85%). O percentual aponta que as internações em leitos críticos se mantém em estabilidade abaixo de 40%. Esse é o melhor índice dos útimos 12 meses. A útima vez em que a ocupação de UTI´s ficou abaixo de 40% foi em 11 de agosto do ano passado, com 39,03%.

Os dados do sistema Regula RN apontam ainda que a última vez, este ano, em que o percentual ficou acima de 40% foi em 2 de agosto, quando a taxa era de 40,34%. De lá para cá, já são 14 dias consecutivos em que a taxa está abaixo de 40%. Nesse período, a menor taxa se verificou sábado passado, 14/8, com 32,23%.

Importante destaca que as taxas se mantém em baixa mesmo após a “reversão” de parte dos leitos em leitos gerais, para atendimentos de outras doenças. O Estado chegou a ter 406 leitos de Covid operacionais em maio de 2021, quando ainda registrava filas de espera por UTIs. Hoje, são 277, 129 a menos.
Na manhã desta segunda, 168, o Regula RN registra 91 leitos de UTI ocupados e outros 9 bloqueados. São 178 as vagas disponíveis.

A região do Seridó é a que tem a menor ocupação, com apenas 14% dos leitos ocupados. A região metropolitana de Natal tem ocupação de 34% e o Oeste 42,6%.
O Rio Grande do Norte tem 13 hospitais com taxa de ocupação de leitos críticos para pacientes covid abaixo de 50%. Das 26 unidades hospitalares com esse tipo de atendimento, apenas o Hospital Municipal de Natal está com todos os leitos críticos ocupados.

Nosso e-mail: redacaobocadanoite@gmail.com. 

 

 

 

 
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De Volta ao Topo