A contratação de serviços de uma empresa de software pela prefeitura de Mossoró no valor de R$ 444 mil está chamando a atenção. Além do valor considerado elevado, o questionamento se dá pelo fato de que a empresa vai instalar um sistema eletrônico de matrículas na rede municipal de ensino, o SigEduc. O detalhe é que o município já conta com o sistema dessa natureza, o IEducar.

O Blog Na Boca da Noite questionou a Secretaria Municipal de Educação. A assessoria do órgão informou que o contrato não será apenas de implantação do sistema, mas de acompanhamento da operacionalização do Sistema Integrado de Gestão da Educação (SIGEduc).

Ainda segundo a assessoria, a secretaria contratou a empresa, por meio de licitação, para implantar e gerenciar o sistema, que vai permitir a realização de matrículas 100% on-line em toda a rede.

Afirmou também que o SigEduc vai representar toda a informatização da rede de ensino, possibilitando, por exemplo, que ações, como a solicitação de licenças, e aberturas de processos administrativos em geral de servidores da pasta sejam feitos de maneira eletrônica. “Vai facilitar os processos na secretaria como um todo”, justificou o órgão.

O Blog Na Boca da Noite quis saber porque a prefeitura não quer mais utilizar o IEducar. A secretaria informou que O IEducar é um sistema que não atende a todas as demandas necessárias, permitindo que apenas 20% das matrículas sejam realizadas digitalmente. Por fim, perguntamos se não seria menos dispendioso ampliar o alcance do IEducar. O órgão garantiu que não, acrescentando que o contrato com a empresa do IEducar já venceu.

 

 

Nosso e-mail: redacaobocadanoite@gmail.com

 

 
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De Volta ao Topo