A advogada Vânia Furtado, pré-candidata à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Subseccional Mossoró, recebeu na tarde da quarta-feira, 18/8, em sua residência, advogadas e advogados para dialogar sobre o melhor para a advocacia de Mossoró, região e o Estado. O encontro objetivou discutir propostas para a entidade bem como a construção de de uma chapa para a disputa.

Ao expor suas ideias, de uma nova Ordem, uma OAB plural, a pré-candidata destacou que o ideal é uma advocacia “unida, suprapartidária e representativa. Para nós, o que interessa é a dedicação e o comprometimento de servir à advocacia”, ressaltou Vânia Furtado, acrescentando que nesse sentido defende e apoia a reeleição de Aldo Medeiros à presidência da OAB-RN.

Ela também acrescentou que encabeçar uma chapa não é uma decisão sua, mas de um coletivo de advogados e advogadas, de um movimento legítimo que deseja ver mudanças propositivas, pautando-se por aspectos democráticos desde a escolha de candidatos até a forma de gerir a Ordem.

Vânia Furtado ressaltou que pensa em uma OAB ainda mais ativa, que caminhe com os advogados e advogadas, que seja sensível às suas necessidades. E que, em decorrência das dificuldades impostas pela pandemia, a Ordem precisa ser, mais do que nunca, um agente de mudança e amparo.

“Hoje a nossa instituição tem uma mulher na presidência e isso me encorajou a ser pré-candidata, enfrentar essa realidade e assumir esse papel de destaque na nossa instituição. E para isso, meu nome está posto como pré-candidata e me sinto surpresa com a receptividade”, disse Vânia.

Instada a responder sobre o papel da OAB, a pré-candidata disse que deseja uma OAB que seja independente. A eleição deve acontecer na terceira semana do mês de novembro.

“A OAB não deve servir a governos ou governantes. E quando assim se processa, nasce o desejo de uma Ordem mais combativa, que precisa ser plural e suprapartidária, se pautando na defesa dos direitos, do Estado Democrático de Direito e sobretudo da advocacia. Deve ser essa a política a ser adotada pela entidade”, observou Vânia Furtado.

Finalizando, a pré-candidata disse que “Queremos uma OAB com mais canais de escuta, mais plural, com paridade, disposta a resgatar a advocacia desses tempos difíceis. Por isso, estamos ouvindo a classe. Temos ideias e vamos aprimorar o que for bom, como prerrogativas e honorários advocatícios, sempre com o olhar para o bem-estar da advocacia”, finalizou.

 

Nosso e-mail: redacaobocadanoite@gmail.com

 

 
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De Volta ao Topo