nabocadanoite.com.br
Seja bem vindo
Segunda vereadora mais votada de Mossoró, Carmem Júlia, declara apoio a Isolda
A deputada estadual Isolda Dantas (PT) recebeu importante declaração de apoio à sua candidatura à reeleição para a Assembleia Legislativa. A adesão vem de Mossoró. Trata-se da vereadora Carmem Júlia (MDB), a segunda mais votada da cidade na eleição de 2020.
O anúncio foi feito durante o lançamento do comitê de Isolda em Mossoró, na noite desta terça-feira, 16, no palanque estiveram Carmem Júlia e Izabel Montenegro. A vereadora mossoroense justificou seu apoio pelo reconhecimento à luta de Isolda em defesa da classe trabalhadora e dos mais humildes.
“Isolda representa os mais humildes, as pessoas da zona rural, o trabalhador brasileiro, e é por isso, com muito prazer que eu declaro meu apoio à deputada Isolda Dantas”. Ainda na sua fala, acrescentou: “Pode ter certeza que toda nossa militância seguirá nessa luta, levantando essa bandeira juntamente com Fátima governadora e Lula presidente”, declarou Carmem Julia.
Carmem Júlia teve 3112 votos nas eleições municipais de 2020.
Câmara de Mossoró empossa mais um suplente nesta sexta-feira

O suplente Nicodemos Fernandes de Lima (Cidadania), o Nico Fernandes, toma posse nesta sexta-fceira, 5/8, como vereador de Mossoró. Ele ocupará, pelos próximos 31 dias. Ele assumirá mandato de forma interina, em substituição ao vereador Gideon Ismaias, do mesmo partido, que solicitou afastamento para tratar assuntos particulares.

O ato de posse ocorrerá no gabinete da Presidência da Câmara Municipal de Mossoró, às 9h da manhã. Esta é a segunda vez que o vereador Nicó Fernandes assumi o mandato interinamente. Na primeira vez, em 2021, o vereador também assumiu por 31 dias, pelo afastamento de Gideon Ismaias por motivos de saúde. Nico Fernandes obteve 796 votos na eleição de 2020.

Vereador vai continuar exercício de mandato usando tornozeleira eletrônica

Apontado pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP-RN) como operador do esquema de fraudes no sistema de marcação de consultas e exames do Sistema Único de Saúde (SUS) no Estado, o vereador Diogo Rodrigues (PSD) reassumiu o mandato na Câmara Municipal de Parnamirim. O ato oficial de seu retorno foi publicado ontem pelo Legislativo daquela cidade.

O parlamentar, preso há um ano, vai seguir exercendo o mandato fazendo uso de tornozeleira eletrônica. Na prática, Diogo estará presencialmente na Câmara a partir de segunda-feira, 1/8, quando deverá comparecer ao plenário usado o equipamento de monitoramento da Justiça.

PROCESSO – Diogo é acusado de, ao lado da esposa, burlar o Sistema Integrado de Gerenciamento de Usuários do Sistema Único de Saúde (SIGUS). De acordo com a denúncia, Diogo e sua esposa Monikely Nunes – funcionária de um cartório em Parnamirim -, faziam inserções de dados falsos no SIGUS) – sistema informatizado utilizado pela Sesap e por alguns municípios para regular a oferta, e agendamento de procedimentos do SUS – burlando a fila.

Os dois foram denunciados pelo MP-RN pela prática dos crimes por corrupção passiva, peculato, inserção de informações falsas em banco de dados da administração pública e lavagem de dinheiro.

Digo também responde pelo crime de fraude em licitação. Somadas apenas as quatro denúncias já oferecidas pelo MP-RN e recebidas pela Justiça potiguar, o vereador responde 300 vezes por corrupção passiva, 300 vezes por peculato, 476 vezes por inserção de informações falsas em banco de dados da administração pública, 83 vezes por lavagem de dinheiro e uma vez por fraude em licitação. A operação ficou conhecida como “Fura-fila”.

A operação Fura-fila foi deflagrada dia 21 de maio do ano passado. Através delas, foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva, um mandado de prisão temporária e ainda outros 22 mandados de busca e apreensão nas cidades de Natal, Parnamirim, Mossoró, Caicó, Monte Alegre, Areia Branca, Brejinho, Frutuoso Gomes, Rafael Godeiro e Passa e Fica. Também houve o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na cidade de São Paulo.

Pablo comemora instalação de torre de telefonia no Jucuri após mobilização de moradores com abaixo-assinados

O vereador Pablo Aires (PSB), que nasceu na Zona Rural do Jucuri, vem acompanhando de perto a instalação da torre de telefonia na comunidade Rural de Mossoró, uma reivindicação antiga da comunidade e que teve atuação direta do mandato nos últimos dois anos.

O benefício de instalação da torre pelo Ministério das Comunicações é resultado da mobilização popular realizada com Pablo Aires que ainda em 26 de agosto de 2020, juntamente com outros jovens, foi ao Jucuri e juntos recolheram quase mil assinaturas para a instalação da torre de telefonia.

Depois da coleta das assinaturas, Pablo Aires apresentou o abaixo-assinado a deputados estaduais, federais e senadores em Brasília (DF), oficializando o pedido. Em julho de 2021 o gabinete do vereador protocolou uma nova solicitação ao Ministério de Comunicações, ao que foi prontamente respondida.

“Essa é uma vitória de toda a Comunidade! Eu nasci e cresci no Jucuri vendo meus pais, minha família e vizinhos cobrando a instalação de uma torre de telefonia, assim como outras políticas que demoram chegar na Zona Rural. Estamos há anos nessa luta e felizmente agora, podemos comemorar o pedido sendo atendido após uma insistente reivindicação da comunidade, e desde de janeiro de 2021, quando cheguei na Câmara, também uma reivindicação política nossa, colocando o nosso mandato à serviço da população”, afirma Pablo Aires.

Vereador pelo Jucuri – Além da luta pela instalação da torre de telefonia, Pablo também foi o vereador que mais tem conseguido benefícios para a comunidade. O parlamentar conseguiu junto ao Governo do Estado uma viatura da Polícia Militar para o Jucuri e destinou 42 mil para a UBS Izabel Bezerra de emenda impositiva pelo seu mandato, que ainda não obteve a liberação de recursos pela Prefeitura. Na sua atuação legislativa, Pablo cobrou a urgência da reforma da Escola Municipal Ricardo Vieira do Couto, fiscalizou o fornecimento de água, uma solução pro bueiro e indicou o calçamento de diversas ruas da comunidade.

Vereador de Mossoró é cotado para candidatura a vice-governador

Mossoró poderá ter um candidato a vice-governador. Articuladores da candidatura Clorisa Linhares (PMB) tentam convencer o vereador Lamarque Oliveira (PSC) a compor com a ex-vereadora de Grossos. Oficializada no dia 20 deste mês, há exatamente uma semana, a chapa de Clorisa ainda não tem um candidato a vice.

Convidado para o desafio, Lamarque ainda não deu qualquer sinal de que vá topá-lo. Também não demonstra que não vá querer.

O convite a Lamarque, além do fato de Clorisa não ter ninguém para o posto, advém de sua atuação como parlamentar, por sua inserção no segmento evangélico e por ser um bolsonarista.

Caso o vereador aceite o convite, será a primeira chapa ao Governo do Estado a ter um integrante com base política em Mossoró.

Fiel defensor da gestão municipal e do prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade), o desafio para Lamarque é abrir mão desse posto para defender uma candidatura diferente daquela apoiada pelo chefe do Executivo municipal. Allyson apoia a candidatura de Fábio Dantas, que é do seu partido.

Conversa de Sábado com Francisco Carlos

A cada eleição municipal, cresce a esperança dos mossoroenses de que a legislatura eleita seja melhor que a anterior. Infelizmente, a renovação tem sido apenas de nomes. As práticas, muita vezes nada republicanas, a subserviência ao Executivo, a falta de debate qualificado são alguns dos pontos negativos que a maioria das pessoa observa e fazem com que o chefe do Executivo municipal realize atos pouco democráticos, ações obscuras e interfira até mesmo no trabalho legislativo, como tem ocorrido em Mossoró, atualmente. O vereador Francisco Carlos (Avante), que integra a oposição, fala dessas questões nessa Conversa de Sábado. O seu olhar atento permitiu, por exemplo, que os mossoroenses fossem informados, ontem, que o prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade) está desrespeitando a Constituição Federal e a Lei de Responsabilidade Educacional ao não aplicar os percentuais mínimos obrigatórias na educação definidos na carta magna e na lei municipal. Veja esse e outros temas acompanhando a entrevista.

Por Márcio Alexandre

BLOG NA BOCA DA NOITE – O senhor trouxe uma informação nesta sexta-feira que mexeu com o mossoroense: o prefeito Allyson não aplica o percentual mínimo em educação. Nem os 30% da lei de responsabilidade educacional, tampouco os 25% constitucionais. Como vereador, o que o senhor pretende fazer para que o gestor seja instado a cumprir a lei e a Constituição?

FRANCISCO CARLOS – Essa informação, que nos causa grande preocupação, está disponível no Sistema de Informações sobre Requisitos Fiscais, o CAUC, mantido pela Secretaria do Tesouro Nacional. Estimo que, pelo menos 6 milhões de reais deixaram de ser aplicados na educação. São recursos que poderiam ter contribuído para reduzir o impacto negativo da pandemia sobre o acesso e a qualidade do ensino, que prejudicou sensivelmente o aluno mais exposto à vulnerabilidades sociais.

Nós vamos procurar explicações da gestão, levaremos o assunto ao Conselho Municipal de Educação, discutiremos no âmbito da Comissão de Educação da Câmara e vamos recorrer ao Ministério Público.

BLOG NA BOCA DA NOITE – As informações relativas às contas públicas da maioria dos entes são de acesso público. Não cumprir com essas obrigações legais significa que o prefeito se acha acima da lei?

FRANCISCO CARLOS – Eu espero que não seja esse o sentimento do prefeito. Embora que algumas atitudes, realmente, nos causam estranheza. Na sociedade da informação e com liberdade de expressão garantida por lei, não é possível que um gestor possa imaginar que controla a informação e as narrativas. Contudo, a gestão tem sido relapsa no gerenciamento do Portal da Transparência, não responde aos pedidos de informações aprovados pelo plenário da Câmara Municipal ou aos ofícios fundamentados na Lei de Acesso a Informações. Nos tempos de hoje, não cabe esse tipo de postura.

BLOG NA BOCA DA NOITE – Por contar com maioria, – e maioria subserviente – na Câmara, o senhor acreditar que prefeito o prefeito se sente confortável para exageros como esse?

FRANCISCO CARLOS – É o que parece. Mas, como disse, os tempos são outros. A forma de o Executivo se relacionar com a Câmara precisa mudar, pois a maioria no plenário não é suficiente para assegurar vitória administrativa, política e jurídica. A minoria é qualificada, tem capacidade de mobilização, conhece regimento interno, sustenta o debate no plenário, expõe a gestão na imprensa e nas redes sociais e tem recorrido, inclusive, à Justiça, a exemplo das emendas impositivas, o que deverá se repetir com a Lei de Diretrizes Orçamentárias deste ano. Esse contexto deveria provocar algum desconforto. Mas, não é o que parece. É estranho.

BLOG NA BOCA DA NOITE – Não soa vergonhoso que, mesmo sendo governistas, os vereadores da base do prefeito silenciem sobre o uso de verbas para obras de qualidade suspeita (piso da estação), aditivo misterioso de R$ 440 mil (memorial resistência), proselitismo político no MCJ, entre outros fatos que merecem pelo menos manifestação pública dos ditos representantes do povo?

FRANCISCO CARLOS – Temos debatido essas questões no plenário. Em alguns momentos, a base governista tem optado por esvaziar o plenário, que é uma tática típica de bancadas de oposição.

Mesmo os vereadores que possuem bases eleitores menos atentas e exigentes quanto a determinadas posturas, estão sentido o peso da exposição pública, ao não cumprir de forma minimante razoável seu dever de fiscalização.

BLOG NA BOCA DA NOITE – O prefeito está levando 15 pessoas para conhecer as festas juninas de Caruaru e Campina Grande. Não é gente demais?

FRANCISCO CARLOS – É uma grande delegação. O custo divulgado com diárias é próximo de 30 mil reais, podendo ser bem maior, já que não tornada público a forma como essa delegação se deslocou para as cidades Caruaru e Campina Grande.

BLOG – O prefeito acabou com a cogência, com a eficácia, das emendas impositivas. Não há possibilidade de questionamento jurídico sobre isso?

FRANCISCO CARLOS – A bancada de oposição está estudando, juntamente com seus advogados, a melhor estratégia para levar esse problema ao Judiciário. Limitar a eficácia das emendas impositivas da forma como foi feita é ilegal e provocou forte reação política das ONGs que atuam em apoio as políticas públicas municipais, sempre com boa resolutividade e a baixo custo. O prefeito quer inovar em termos de emendas impositivas, impondo um modelo que não existe no cenário federal e estadual. Não aceitaremos.

BLOG NA BOCA DA NOITE – Ainda sobre a gestão Allyson: o senhor já tinha presenciado um gestor desmerecer de forma tão vil os representantes de Mossoró na Câmara e na Assembleia, como faz o prefeito, alguns dos seus vereadores e assessores?

FRANCISCO CARLOS – A pratica da política pressupõe civilidade e o mínimo de elegância e respeito. Isso é possível e necessário, mesmo entre adversários políticos. A cidade precisa do apoio de todos os políticos, independente de partidos ou ideologias. Como gestor, o prefeito deveria reconhecer e agradecer, em nome de todos os mossoroenses, cada gesto positivo vindo das bancadas do senado, câmara dos deputados e assembleia legislativa. Não é isso que temos visto. Há uma tentativa de omitir e até desmerecer os esforços dirigidos à cidade.

Ao mesmo tempo, qualquer crítica à gestão municipal é rebatida com ataques pessoais, insinuações ou ilações por parte dos governistas. Não se rebate o argumento, mas a pessoa que faz a crítica. Isso é muito ruim, porque degenera o debate, é improdutivo e nada educativo. Na condição de máxima autoridade municipal, o prefeito precisa emitir sinais positivos, em direção contrária ao que estamos observando.

BLOG NA BOCA DA NOITE – O senhor faz parte do grupo político da ex-prefeita Rosalba Ciarlini e não se vê movimentação dele com vistas a candidaturas a Assembleia. O Rosalbismo não terá candidato ao Palácio José Augusto?

FRANCISCO CARLOS – Creio que terá. Precisa ter, Mas, embora não possa falar pelo grupo, posso emitir a minha impressão. O grupo deverá definir seu apoio à Assembleia estadual, alguém que esteja comprometido com Mossoró e a região oeste.

BLOG NA BOCA DA NOITE – Falar sobre a ex-prefeita é lembrar que ela começou a retomar sua luta política junto ao povo. Rosalba ainda pode, politicamente, e pessoalmente, participar de grandes disputas políticas?

FRANCISCO CARLOS – Das vezes que falo com Rosalba, percebo que ela tem muita energia. Retornar à clínica médica popular, parece ser indicação que ela tem disposição para voltar às suas origens politicas, reforçar virtudes, refletir sem emocionalismo ou ufanismos sobre como construiu muitas vitorias memoráveis, mas também pensar sobre falhas, derrotas e se adaptar aos novos tempos.

Creio que Rosalba tem todas as condições para continuar no cenário político, disputando mandatos.

Não sei quando, nem para quais cargos eletivos. Mas, é uma trajetória de vitórias, que já entrou para a história do Rio Grande do Norte e, especialmente, de Mossoró.

BLOG NA BOCA DA NOITE – E o senhor, quais as pretensões políticas para o futuro?

FRANCISCO CARLOS – Sou muito tranquilo quanto a isso, Márcio. Penso que, de forma muito modesta, ao longo de mais de 30 anos no serviço público, contribuí para o desenvolvimento de Mossoró, pois tenho meu nome inscrito em dezenas de equipamentos sociais, formulei e executei políticas públicas e elaborei dezenas de leis municipais. Mas, eu sou professor. Amo e me realizo com a docência, que é o futuro que eu tenho de mais certo. Quanto a política, continuarei exercendo o mandato de forma responsável e propositiva e aguardarei para ver o que Deus me reserva.

Nosso e-mail: redacaobocadanoite@gmail.com

Vereador Betinho reforça a pré-campanha de Jorge do Rosário

O vereador Carlos Alberto Fernandes de Maria (Betinho) está no seu sexto mandato em São Vicente-RN e possui uma extensa folha de serviços prestados ao município. Betinho é outro reforço importante que chega para a pré-campanha a deputado estadual de Jorge do Rosário (Avante).

Betinho concorda com Jorge sobre a maior necessidade do povo do RN neste momento que é emprego. “Gerar empregos, bandeira principal de Jorge do Rosário, me motiva a seguir com ele nesta caminhada. Pode contar comigo Jorge”, disse Betinho.

“Me sinto honrado em receber o apoio de Betinho. É bom demais saber que estamos bem representado nesta terra querida que é São Vicente”, agradeceu Jorge.

Plano de Interiorização do Desenvolvimento (PID) – Em entrevista concedida ao jornalista Francisco Márcio, da Rádio Líder FM de São Vicente, Jorge falou sobre o seu Plano de Interiorização do Desenvolvimento (PID), “Por mais de 70 anos os governos do RN deram pouca atenção ao interior, precisamos virar essa página e criar políticas públicas que tragam investimentos para gerar emprego e renda para todo o estado”, explicou Jorge do Rosário.

 

Nosso e-mail: redacaobocadanoite@gmail.com

 

Vereador Pablo Aires pede urgência na implementação do Conselho Municipal LGBTQIA+

O vereador Pablo Aires (PSB) esteve reunido com a secretária municipal de Assistência Social, Evanice Fernandes, para cobrar a implementação do Conselho Municipal de Defesa da Comunidade LGBTQIA+ em Mossoró, cujos recursos já foram destinados pelo próprio parlamentar através de emendas inseridas no orçamento deste ano de 2022.

Na ocasião, Pablo Aires ressaltou a urgência da implementação do Conselho diante de tantos casos de lgbtfobia ocorridos no município. O Conselho terá entre as atribuições a de garantir o cumprimento dos direitos e da representação das pessoas LGBTQIA+, atuar no estímulo e acompanhamento das políticas públicas voltadas para o combate à discriminação e a promoção da igualdade e respeito à diversidade de gênero e orientação sexual.

“A criação do Conselho é importante porque ele atua como um elo entre a sociedade civil e o poder público, propondo e cumprindo eventos e atos em benefício da população LGBTQIA+, como também fornecendo dados que pautarão as políticas públicas. O nosso mandato já havia cobrado por requerimento, mas estive lá e me coloquei a disposição da secretária para contribuir nessa construção para que o Conselho seja criado o mais breve possível e enviado à Câmara”, afirmou Pablo Aires

O Projeto de Lei que dispõe sobre a criação do Conselho não pode ser apresentado pela Câmara, sendo atribuição do Poder Executivo. Tendo acesso ao projeto que está sendo escrito, o vereador colocou para a secretária Evanice Fernandes que algumas alterações precisam ser feitas. A secretaria se comprometeu a fazer os ajustes para envio do Projeto de Lei ainda em julho deste ano. O vereador Pablo irá acompanhar de perto esses encaminhamentos.

Agenda Orgulho LGBTQIA+ – Na semana que antecedeu o Dia do Orgulho LGBTQIA+, que transcorre em 28/6), o vereador Pablo Aires esteve presente em dois eventos representativos: o primeiro é uma mesa redonda de discussão sobre a representatividade LGBTQIA+ em espaços de poder, realizado pelo Grêmio Estudantil do IFRN de Ceará-Mirim na sexta-feira, 24/06 às 15h, no próprio instituto federal.

O segundo evento foi a participação no 9 Visibilidade Trans Santacruzense, que aconteceu no sábado, 25/06, no Espaço Cultural da Vila de Todos, em Santa Cruz.

Nosso e-mail: redacaobocadanoite@gmail.com

Vereador denuncia uso de fake news contra ele

O vereador Tony Fernandes (Solidariedade) usou suas redes sociais para denunciar que está sendo vítima de campanha difamatória com uso de fake news. “A turma do ódio ligada a gente poderosa resolveu me atacar com fake news. Tentam criar a narrativa de que sou contra o Mossoró Cidade Junina”, escreveu o parlamentar em seus perfis.

O vereador ressaltou que sempre foi a favor do Mossoró Cidade Junina. “O que defendo é que a prefeitura cumpra sua obrigação com as crianças que estão sem aula”, reafirmou Tony Fernandes.

Embora não tenha declarado quem são as pessoas que tem usado fake news contra ele, o vereador caiu em desgraça junto à gestão Allyson Bezerra (Solidariedade) após assumir a defesa dos mais prejudicados nos projetos propostos pelo Executivo.

Foi assim com a Reforma da Previdência, com a tentativa do prefeito de acabar com as emendas impositivas e tem sido agora com a questão dos auxiliares de sala. Embora seja do mesmo partido do prefeito, Tony tem sofrido com o poder do ódio usado contra ele.

Nosso e-mail: redacaobocadanoite@gmail.com. 

Vereador de Patu anuncia apoio a Jorge do Rosário 

O Vereador Rodolfo Maia, quadro político de oposição que tem crescido no município de Patu, é mais um importante reforço que chega para a caminhada de Jorge do Rosário (Avante) rumo à Assembleia Legislativa.

Jorge do Rosário é empresário do setor da construção civil e foi presidente do Sinduscon Mossoró (Sindicato da Indústria da Construção Civil de Mossoró) por três mandatos. É um homem que conhece o mercado de trabalho e a economia do estado, por isso reúne todos os requisitos necessários para colaborar com um ambiente econômico positivo para a retomada do emprego no RN. É essa a leitura que Rodolfo Maia levou em consideração para apoiar Jorge do Rosário.

“Jorge é reconhecido em todo RN como um gerador de empregos e tem ótimas ideias para aquecer nossa economia e aumentar os empregos no estado” – justificou Rodolfo.

Jorge do Rosário agradeceu a adesão, reforçando que a luta pela interiorização da economia deve ser de todos. “Rodolfo é mais um valoroso amigo que está nessa caminhada para levar a luta da interiorização do desenvolvimento para o debate político” – disse o pré-candidato.