A Neonergia Cosern recuperou, em parceria com a Polícia Civil do Rio Grande, 385 quilos de cabos e de outros equipamentos que haviam sido furtados do sistema elétrico. A recuperação ocorreu na última quarta-feira, 22/9, em mais uma fase da “Operação Sucata”, ação que fiscalizou 20 estabelecimentos popularmente conhecidos como “ferros velhos” em onze municípios.

O furto de cabos – que assim como o “gato” também representa risco de morte a quem faz e a quem está próximo – causa transtornos incalculáveis para os consumidores potiguares, entre os quais a queima de eletrodomésticos e a interrupção do fornecimento.

De janeiro a agosto de 2021, o Centro de Operações Integradas (COI) da Neoenergia Cosern registrou 357 ocorrências relacionadas ao furto de cabos – um aumento de 7,5 % em comparação ao mesmo período do ano passado.

As cidades com maiores registros de furtos foram Natal, Parnamirim e Areia Branca. De janeiro a agosto, a distribuidora substituiu 40 quilômetros de cabos furtados para garantir o fornecimento em trechos dessas localidades. No mesmo período do ano passado, esse número tinha sido quase a metade: 17 quilômetros.

O roubo de cabos ocorre tanto nas redes de distribuição quanto no ramal (fio) que conecta o imóvel do consumidor à rede elétrica da distribuidora.

Serviço – Em caso de falta de energia, a Neoenergia Cosern orienta:

Enviar um Whatsapp para o número (84) 3215-6001.

Enviar um SMS para 28116, informando apenas o número da sua conta contrato. Para facilitar, salve-a no bloco de notas do seu smartphone; ou

Telefonar para o 116.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima sobre esse tipo de crime através do Disque Denúncia (181).

 

Nosso e-mail: redacaobocadanoite@gmail.com

 

 
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De Volta ao Topo