A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) em parceria com o Ministério da Saúde  realizou de 19 a 22 de outubro, das 8h às 14h, no auditório da Escola de Saúde Pública do Rio Grande do Norte – ESPRN (antigo CEFOPE) em Natal, Oficina para multiplicadores do  SISS-Geo (Sistema de Informação em Saúde Silvestre) no RN.

A oficina foi direcionada aos profissionais de saúde, meio ambiente, agricultura e áreas afins com interesse em ser multiplicadores do SISS-Geo.

Da II URSAP participaram o coordenador regional do Programa de Controle da Raiva, médico veterinário Aderson Dantas de Lira e o médico veterinário, Saint-Clair Lopes de Medeiros.

“O Sistema de Informação em Saúde Silvestre, SISS-Geo, é uma ferramenta informatizada e participativa para o monitoramento de agentes patogênicos que circulam na natureza ou nas bordas de ambientes rurais e urbanos, a partir do registro de observações de animais no campo realizados por cidadãos comuns, pesquisadores e especialistas em vida silvestre, em aparelhos móveis de comunicação ou em ‘desktops'”, disse o médico veterinário da II URSAP, Saint-Clair Lopes de Medeiros.

O mestre em saúde pública  Daniel Garkauskas Ramos, representante do Grupo Técnico de Vigilância das Arboviroses do Ministério da Saúde falou sobre os Sistemas de vigilância de casos humanos suspeitos de arboviroses.

O consultor da OPAS no Ministério da Saúde, Pedro Henrique de Oliveira Passos e a consultora do Ministério da Saúde, Marília Lavocat falaram sobre os Sistemas de vigilância de epizootias de primatas, aves silvestres e equídeos e

a implantação do SISS-Geo SUS.

O Doutor em Ecologia e Evolução pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Pesquisador da Plataforma Institucional Biodiversidade e Saúde Silvestre – PIBSS/Fiocruz, Vitor Borges Júnior fez a Apresentação da Plataforma SISS‐Geo.

 

Nosso e-mail: redacaobocadanoite@gmail.com

 

 
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De Volta ao Topo