O aumento de casos de covid, de óbitos pela doença e o crescimento da taxa de ocupação de leitos no Rio Grande do Norte, conforme anunciado ontem em primeira mão pelo Blog Na Boca da Noite, vem preocupando as autoridades políticas e sanitárias.

Em face desse novo cenário epidemiológico, Governo do Estado, prefeituras, Ministérios Públicos, Defensorias e representantes da sociedade se reuniram e escreveram uma nota conjunta com medidas preventivas importantes no combate à pandemia.

As prefeituras, os Ministérios Públicos e a Defensoria Pública têm acompanhado, nas duas últimas semanas, alterações do mapa do indicador composto evidenciando um aumento do número de casos em todo Estado. O indicador composto, parâmetro utilizado para dar cor ao mapa do RN tem mostrado o Estado mais amarelo e isso é um sinal de alerta para todos os potiguares. Além disso, está havendo, dia a dia, aumento da taxa de ocupação e do número de solicitações por leitos críticos no REGULARN.

Hoje, a plataforma Regula RN aponta 46,2% de ocupação de leitos críticos no Rio Grando do Norte. 47,6% na região metropolitana, 38,6% na região Oeste e 58,3% na região do Seridó, que a poucos dias apresentava uma ocupação abaixo dos 10%.

Diante disso, no dia 27 de outubro, reuniram-se, num momento de retomada do movimento PACTO PELA VIDA, o Governo do Estado, Prefeitos de vários municípios representados pela FEMURN, Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal, Ministério Público do Trabalho, Defensoria Pública Estadual,  Procuradoria Geral do Estado, COSEMS e vários Secretários Municipais de Saúde, além das representantes das URSAP’s, para discutir estratégias de como fazer esse novo enfrentamento numa fase da pandemia em que é evidente que o principal ponto é o aumento da cobertura vacinal, ou seja, a aplicação da segunda dose da vacina, visto que o estado tem hoje 206.357 pessoas que não retornaram para garantir sua segunda dose.

“Esse é o ponto mais importante em nossa discussão, devido a eficácia comprovada da vacinação. Somente com a vacina que conseguiremos atingir um patamar de controle da pandemia. Além disso, é importante ressaltar a importância do Passaporte Vacinal para acesso a ambientes e aglomerações que será a garantia de que as pessoas estejam vacinadas.”, afirma Lyane Ramalho, secretária adjunta da SESAP.

A nota convoca e reforça:  A importância da manutenção dos protocolos sanitários; A importância da completude do esquema vacinal nessa luta pela vida! Venha nesses próximos dias participar efetivamente desse pacto e, assim, fazer com que nosso Estado possa avançar o mais rápido possível para uma vida cada vez mais próxima do normal.

Veja vídeo de Lyane Ramalho sobre essa retomada:

 

 

Confira a a nota na íntegra.

 

Nosso e-mail: redacaobocadanoite@gmail.com

 

 

 

 
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De Volta ao Topo