A bancada de apoio ao prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade) na Câmara Municipal numerosíssima. Hoje, são pelo menos 18 vereadores que dão sustentação à gestão municipal. Apesar de ser um condição bastante confortável, algumas situações sugerem que o prefeito precisa ficar em alerta.

É que aos poucos, algumas baixas vão sendo registradas. O vereador Didi de Arnor (Republicanos) foi o primeiro a deixar a bancada da situação. Recentemente, um segundo governista cogitou ir pelo mesmo caminho.

Um terceiro parlamentar “ensaia” mudar de ares. Segundo informa o jornalista Carlos Santos, José Domingos Gondin, o Zé Peixeiro (PP) estaria insatisfeito. “Dá sinais de dificuldade de adaptação à nova ordem política e administrativa”, acrescenta

A grande questão é que a saída de um vereador de um bloco faz aumentar, automaticamente, o outro. Como oposicionistas, a Câmara conta hoje com Marleide Cunha (PT), Larissa Rosado (PSDB), Francisco Carlos (PP), Didi d Arnor (PP) e Ricardo de Dodoca (PP). Há ainda o independente Pablo Aires (PSB).

Tem ainda a situação de Ricardo de Dodoca (PP). Allyson exonerou Nogueira de Dodoca, irmão de Ricardo e a questão não foi bem digerida pela família do parlamentar. A exoneração foi motivada pelo anúncio feito por Nogueira de que seria candidato a deputado no próximo ano.

Ainda não há garantias de que Zé Peixeiro vá mudar já para a oposição. Há apenas uma certeza: a cada dia, o “cordão dos descontentes” aumenta mais.

 

Nosso e-mail: redacaobocadanoite@gmail.com

 

 
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De Volta ao Topo