O Instituto de Medicina Tropical (IMT) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) divulgou nesta segunda-feira, 13/9, que identificou a presença da variante delta do novo coronavírus em Mossoró, segunda maior cidade do Estado.

De acordo com o laboratório, as quatro amostras que deram positivo para a variante foram coletadas entre os dias 27 e 30 de agosto.

A diretora do IMT-UFRN, Selma Jerônimo, alerta para o indicativo de que a variante está circulando pelo estado, tendo em vista que já haviam sido comprovados casos em Natal.

Foram coletadas oito amostras em Mossoró e quatro delas confirmaram a presença da variante delta. O resultado final do sequenciamento foi realizado ontem, 12/9.

“A confirmação da delta em Mossoró demonstra a capacidade de transmissão da variante”, conta Selma Jerônimo, considerando que a identificação de novas variantes é frequente, em virtude da fácil mutação do RNA do vírus.

Com isso, a cientista reforça que é preciso manter os cuidados na prevenção, como o uso de máscara, distanciamento social e a higiene das mãos, bem como cumprir com o esquema de vacinação contra a Covid-19.

 

Nosso e-mail: redacaobocadanoite@gmail.com

 

 
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De Volta ao Topo