No primeiro semestre de 2024 o estado reduziu em 23,8% o número de mortes violentas em relação ao mesmo período de 2023.

A integração do trabalho das forças de segurança pública no Rio Grande do Norte resultou em mais um recorde alcançado. O mês de março foi o menos violento da série histórica, ou seja, dos últimos 14 anos. Durante o mês foram registradas 71 mortes violentas, 25,2% a menos do que em março de 2023, quando ocorreram 95 mortes.

Segundo dados consolidados pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (COINE) da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED), no comparativo ano a ano entre os meses de março, o mês de março de 2024 foi o menos violento desde 2011.

Trimestre

Os índices positivos da segurança pública são evidenciados também no primeiro trimestre de 2024. Neste período, de 1º de janeiro a 31 de março, o Rio Grande do Norte reduziu em 23,8% o número de mortes violentas em relação ao mesmo período de 2023. De acordo com a COINE, no somatório dos primeiros três meses de 2023 foram registradas 294 mortes violentas. Neste ano, no mesmo período, foram 224 ocorrências.

Janeiro
2023: 115
2024: 92

Fevereiro
2023: 84
2024: 61

Março
2023: 95
2024: 71

Série histórica para o mês de março:

2011: 85
2012: 76
2013: 143
2014: 154
2015: 153
2016: 172
2017: 199
2018: 163
2019: 149
2020: 128
2021: 140
2022: 87
2023: 95
2024: 71

 
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De Volta ao Topo