Em maio desse ano foi publicada uma das primeiras pesquisas de preferência de voto dos potiguares para o Senado Federal. Nela, o senador Jean Paul Prates (PT), que concorrerá à reeleição, aparecia com 0,6% das intenções. De lá para cá, o nome do senador tem crescido junto ao eleitor potiguar. Na pesquisa mais recente, ele já tem 7,3%. O crescimento do senador Jean não é apenas nos números. É também em volume de trabalho. E isso tem se refletido na melhoria do seu desempenho nas sondagens eleitorais.

Habilidoso e articulado, Jean vem discutindo grandes temas no Senado Federal, sempre defendendo pautas para o Rio Grande do Norte e para o Brasil em que se alinhem crescimento econômico, desenvolvimento industrial e sustentabilidade ambiental.

Na luta por investimentos para o Estado, e defendendo interesses do Rio Grande do Norte no Congresso Nacional, o senador Jean também tem sido beneficiado pelo bom desempenho da professora Fátima Bezerra (PT) à frente do Executivo estadual. Ao ajudar o Estado, Jean colhe os frutos dos avanços registrados.

O governo da professora Fátima anunciou um pacote de obras e investimentos para o Rio Grande do Norte. Obras que vão da recuperação de rodovias à construção de escolas; de incentivos fiscais ao estímulo à instalação de novas industrias em solo potiguar. São obras e projetos que vão contar com a participação da bancada potiguar no Congresso, sobretudo no Senado Federal.

Outro ponto a favor de Jean é o seu trânsito livre em setores importantes da economia do Brasil e da América Latina.

Some-se a isso seu grande know how e experiência numa área que tem sido vital para o Brasil e o mundo: produção de energias limpas. Não é à toa que o Estado do Rio Grande do Norte seja hoje um dos Estados nordestinos mais procurado por empresários para instalações de empresas de diversos ramos, especialmente no campo da produção de energia eólica

Além de sua forte atuação no campo legislativo, Jean aparece, naturalmente, como garoto propaganda de um Estado que vem se fortalecendo no âmbito fiscal e recuperando a sua capacidade de investimento, condições fundamentais que que o Rio Grande do Norte se viabilize para receber novas empresas, fortalecendo assim a geração de emprego e renda.

O trabalho de recuperação financeira e fiscal realizado pela gestão Fátima Bezerra se revela, por exemplo, na instalação de 19 empresas no polo de Macaíba, da fábrica de cimento em Mossoró, do polo petroquímico e da ferrovia que se inicia em Porto do Mangue. Essa recuperação fiscal atrai empresas pela segurança fiscal, administrativa e jurídica.

Na área de produção de energias limpas, Jean não é somente um grande interlocutor, mas um grande conhecedor e estudioso dessa área, o que facilita a abertura de caminhos para empresas e consequentemente o fortalecimento da nossa economia e geração de emprego na vida das pessoas.

O mandato de Jean também tem impactado de forma muito positiva na área da saúde a partir da destinação de emendas para esse setor. No ano passado, a partir de seu trabalho, foram destinados cerca de R$ 30 milhões para o Rio Grande do Norte, sendo metade para o Governo do Estado e metade para a prefeitura de Natal.

Além disso, Jean Paul repassou mais de R$ 7 milhões de emendas individuais impositivas para o custeio e investimento na rede de atenção básica em saúde de todo o Estado. Os recursos estão beneficiando ao todo 50 municípios potiguares, sendo R$ 4 milhões para custeio dos serviços da rede básica em 28 cidades e mais R$ 3 milhões para estruturação de unidades de saúde em 22 cidades do Rio Grande do Norte.

Além de sua boa performance junto ao eleitorado da esquerda, Jean começa a conquistar a confiança também do setor conservador, de direita, especialmente do empresariado, que investe e que gera emprego.

A atuação de Jean e suas qualidades como parlamentar tem sido imprescindível para o seu crescimento nas pesquisas de intenções de voto. Sua peregrinação pelo interior do Estado, apresentando resultado de suas ações e ouvindo as demandas dos variados segmentos, também devem contribuir para que ele se torne ainda mais conhecido do eleitorado potiguar, o que deverá refletir cada vez mais nesse crescimento.

E isso tem uma explicação: a grande maioria das pessoas sabe que o crescimento que o Estado começa a experimentar precisar ter continuidade. Para isso, é preciso atuação parlamentar e realização de atividades que contribuam nesse sentido. Jean tem esse perfil e a disposição para seguir atuando dessa forma.

Enquanto Jean colhe os resultados de estar ligado a uma gestão que tem conseguido recuperar o Estado, seus principais adversários carregam sob as costas o peso de pertencer ao governo Bolsonaro, acuado por denúncias de corrupção, de se omitir na pandemia, contribuindo para aumentar as mortes por covid; de realizar uma política econômica desastrada e que faz aumentar a inflação diariamente, que afasta as empresas e indústrias do Brasil e que tem colocado milhões de pessoas na extrema pobreza.

 

Temas discutidos por Jean

# Petrobras e os preços dos combustíveis;

# Geração de energia limpa;

# Rota dos Ventos;

# Marco regulatório das ferrovias;

# Implementação do 5G no Brasil.

 

Ações, atributos e condições favoráveis a Jean

# Visitas aos municípios, dando maior capilaridade ao conhecimento de sua atuação;

# Capacidade técnica;

# Estado se recuperando fiscal e financeiramente;

# Máquina voltando a funcionar em Estado de normalidade;

# Anúncio de investimentos para a indústria, comércio e serviços;

# Habilidade, capacidade de articulação, trânsito livre junto ao empresariado;

# Know how nas áreas da ciência, tecnologia e serviços;

# Instalação de 19 indústrias no Parque industrial de Macaíba, inclusive já com concessão de licenças.

 

Nosso e-mail: redacaobocadanoite@gmail.com

 

 
 
 

One thought on “Entenda como Jean cresce nas pesquisas ao Senado e porque esse crescimento vai continuar

  1. As pesquisas começam a refletir o reconhecimento à capacidade e ao trabalho extremamente dedicado do Senador Jean no trato dos interesses do povo potiguar! E vai crescer ainda mais.
    Parabéns pela matéria minuciosa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De Volta ao Topo